Posts na Categoria

Falando de Estilo

Umas semanas atrás recebi um convite super bacana do pessoal da MegaTV. Eles queriam saber se eu gostaria de participar do programa Universo da Moda, apresentado pelo incrível Max Fivelinha, e falar um pouco sobre o ícone Jimi Hendrix, seu estilo pessoal e a sua influência na moda. A minha resposta só poderia ter sido uma: CLARO QUE SIM, né? Jimi DIVO <3 O Bramare já havia falado um pouco sobre esse assunto neste post, lembra? Eu, como cantora, sempre tive muito interesse nesta relação entre música e moda. Acredito que os artistas são como antenas

Como comprar e economizar ao mesmo tempo? Procurando nos lugares certos! Se encontrar o seu estilo tem a ver com individualidade, personalidade e exclusividade, que tal uma boa peça de segunda mão que só você tem? O legal de roupas antigas é que dificilmente haverão duas pessoas com a mesma, é mais barato e ecológico! E onde adquirí-las? Bem, hoje em dia tem muitos brechós hypados maravilhosos, como o BLuxo, Minha Avó Tinha, À La Garçonne, Vintage Deluxe, Vó Judith, etc, mas que por isso mesmo, nem sempre são uma

Quem acha que para ter estilo basta ser fútil, se enganou redondamente. Diferentemente de um fashion victim, a pessoa estilosa teve que pensar bastante sobre o assunto e esquecer um pouco o lado consumista e efêmero da moda. Personalidade própria é o X da questão. Separei algumas frases célebres que, além de divertidas, nos ajudam a entender um pouco como a coisa toda funciona. A pergunta é: “O que faz alguém ter estilo?”. Abaixo, algumas respostas. “A coisa mais importante é ter o seu próprio estilo. Esse termo “na moda”

  Todo mundo conhece Jimi Hendrix por ser um monstro da guitarra. Mas para mim ele arrasava também em outros quesitos e estilo era um deles. O músico sabia o quanto o visual era importante para mostrar quem ele era. Eu estava assistindo a um documentário outro dia e tem uma parte em que o guitarrista fala algo como: “o nosso visual ainda não está igual à nossa música”. Então, os caras continuaram mudando, mudando, até chegar no maravilhoso resultado que vemos nas fotos. Eu amo ficar analisando as misturas

Pensando bem, uma das coisas mais engraçadas da vida é se vestir inapropriadamente e rir disso. Eu nunca me esqueço uma vez na escola, no auge dos meus 11 anos, quando eu e minhas amigas combinamos que iríamos vestidas de roqueiras na aula do dia seguinte. Roqueiras mesmo! Seria o auge da “zoeira”. A grande verdade é que nenhuma delas teve peito (na época, em nenhum dos dois sentidos) para levar o plano adiante. Para minha sorte, a coisa toda foi descombinada no dia que meu telefone estava quebrado. E

1 2 Page 1 of 2

Search stories by typing keyword and hit enter to begin searching.