Manual do batom vermelho: 5 segredos pra você conseguir aquela boca perfeita!

Compartilhe boas ideias, coisas gostosas e amor nas redes sociais:

Graças aos deuses eu tenho um marido pseudo-alemão-mineiro para me mostrar com as coisas são realmente feitas, price eheh. Aqui em casa nós temos uma pequena obsessão com pão de queijo mineiro, sildenafil MINEIRO MESMO, for sale e não aqueles pãezinhos com essência de queijo que vemos à venda na maioria dos lugares. Você sabia que o pão de queijo original precisa ter 40% de queijo na receita (em relação ao polvilho) pra poder se considerado o autêntico? Pois é…

Por conta dessa obsessão meu marido vem, há muitos anos, pesquisando a fundo as receitas da família e temos muito orgulho de informar você que encontramos a receita do pão de queijo perfeito!

E sabe o mais legal? Quem vai contar aqui é o próprio Frederico, o lindo <3 Que orgulho ter meu maridinho escrevendo aqui pro blog. Então segura o queijo de um lado e o polvilho do outro e SE JOGA!

Pão de Queijo Mineiro, o autêntico

1

Ingredientes

4 copos de polvilho, de preferência de Minas Gerais ou Goiás (os outros não chegam nem aos pés, nem tente)
3 copos de queijo ralado meia cura de Minas (aquele que parece um queijo de minas só q baixinho, seco, + salgado e amarelado. encontra-se geralmente em casa de laticínios, feira livre ou mercados municipais nas bancas especializadas em laticínios, não em super/hiper mercados)
2 copos de água
1 copo de óleo – originalmente se usava banha de porco!
1 colher de sopa de sal
6 ovos

Modo de Preparo

Coloque todo o polvilho numa vasilha grande enquanto ferve o combo: água + o óleo + o sal.
Após ferver, escalde o polvilho com  essa mistura e, com a ajuda de uma colher de madeira, vá misturando firme até perceber que a temperatura da massa é confortável pra você começar a usar as mãos. Então, sove bem.
Acrescente o queijo e continue sovando com as mãos até obter uma massa bem homogênea. Só acrescente os ovos após a massa estar suficientemente fria, se não você irá cozinhá-los! Sove mais um pouco, até conseguir o ponto pra enrolar com as mãos.
Daí é só enrolarum por um e colocar pra assar em forno médio, 180C.
Uma fornada fica pronta por volta de 50 min.
Você pode também pode congelá-los antes de assar. Depois é só tirar do freezer direto pro forno.

Dicas

O sucesso da receita vem da qualidade do polvilho em primeiro lugar. O queijo pode ser qualquer um que tenha essas propriedades: meia cura, seco e salgado. Mas cuidado, usar parmesão deixa o pão de queijo muito salgado. Se quiser arriscar usar banha ao invés de óleo ele fica bem mais saboroso e muito menos saudável também, ehehe.

2

Pitaco da Bia: Apesar do Frê não curtir (ele é um cara que gosta do seu pão de queijo mineiro tradicional, ahah) você pode colocar o que quiser nessa receita: azeitonas, calabresa, cebola… Fica muito bom também, viu?

Graças aos deuses eu tenho um marido pseudo-alemão-mineiro para me mostrar com as coisas são realmente feitas, price eheh. Aqui em casa nós temos uma pequena obsessão com pão de queijo mineiro, sildenafil MINEIRO MESMO, for sale e não aqueles pãezinhos com essência de queijo que vemos à venda na maioria dos lugares. Você sabia que o pão de queijo original precisa ter 40% de queijo na receita (em relação ao polvilho) pra poder se considerado o autêntico? Pois é…

Por conta dessa obsessão meu marido vem, há muitos anos, pesquisando a fundo as receitas da família e temos muito orgulho de informar você que encontramos a receita do pão de queijo perfeito!

E sabe o mais legal? Quem vai contar aqui é o próprio Frederico, o lindo <3 Que orgulho ter meu maridinho escrevendo aqui pro blog. Então segura o queijo de um lado e o polvilho do outro e SE JOGA!

Pão de Queijo Mineiro, o autêntico

1

Ingredientes

4 copos de polvilho, de preferência de Minas Gerais ou Goiás (os outros não chegam nem aos pés, nem tente)
3 copos de queijo ralado meia cura de Minas (aquele que parece um queijo de minas só q baixinho, seco, + salgado e amarelado. encontra-se geralmente em casa de laticínios, feira livre ou mercados municipais nas bancas especializadas em laticínios, não em super/hiper mercados)
2 copos de água
1 copo de óleo – originalmente se usava banha de porco!
1 colher de sopa de sal
6 ovos

Modo de Preparo

Coloque todo o polvilho numa vasilha grande enquanto ferve o combo: água + o óleo + o sal.
Após ferver, escalde o polvilho com  essa mistura e, com a ajuda de uma colher de madeira, vá misturando firme até perceber que a temperatura da massa é confortável pra você começar a usar as mãos. Então, sove bem.
Acrescente o queijo e continue sovando com as mãos até obter uma massa bem homogênea. Só acrescente os ovos após a massa estar suficientemente fria, se não você irá cozinhá-los! Sove mais um pouco, até conseguir o ponto pra enrolar com as mãos.
Daí é só enrolarum por um e colocar pra assar em forno médio, 180C.
Uma fornada fica pronta por volta de 50 min.
Você pode também pode congelá-los antes de assar. Depois é só tirar do freezer direto pro forno.

Dicas

O sucesso da receita vem da qualidade do polvilho em primeiro lugar. O queijo pode ser qualquer um que tenha essas propriedades: meia cura, seco e salgado. Mas cuidado, usar parmesão deixa o pão de queijo muito salgado. Se quiser arriscar usar banha ao invés de óleo ele fica bem mais saboroso e muito menos saudável também, ehehe.

2

Pitaco da Bia: Apesar do Frê não curtir (ele é um cara que gosta do seu pão de queijo mineiro tradicional, ahah) você pode colocar o que quiser nessa receita: azeitonas, calabresa, cebola… Fica muito bom também, viu?

Sabe aquele batom vermelho, drugs desejo e sedutor que vira e mexe a gente vê nas bocas de um monte de diva por aí? Pois é, advice parece simples de fazer mas exige um certo cuidado na técnica. Hoje venho aqui desvendar os 5 segredos pra você conseguir aquela boca vermelha perfeita!

1

Riri usa, advice Adele usa, Angelina usa, #TODASUSA , haha! Você também, tenho certeza, principalmente quando acorda com aquela vontade de conquistar o mundo, né? É a mesma coisa que acontece com o esmalte vermelho… tem alguma na coisa na cor que faz com que a gente se sinta imediatamente PODEROSA. Fora que o batom vermelho pode ser uma ótima opção pra acender aquele look mais gótico/rocker ou sombrio como eu mostrei aqui essa semana!

ivas

Mas chega de blablablá e vamos ao que interessa! Se você seguir as 5 dicas abaixo tenho certeza de que vai sair por aí desfilando esse bocão vermelho que a sua marca de maquiagem favorita te deu :P

boca vermelha

Eu não sei vocês mas minha pele dos lábios é bem seca :( E isso atrapalha bastante na hora de aplicar um batom mais chamativo como o vermelho. Então, se você está num dia TENSOOOOO, com a boca rachadinha ou ressecada, o que é muito comum agora que a temperatura começa a cair, você não pode pular de jeito algum esse primeiro passo: esfoliar! Existem vários produtos específicos pra isso e até receitas caseiras (aqui tem uma muito boa feit com mel e açúcar). A observação aqui é só uma: cuidado para não escolher um produto que machuque ainda mais os lábios. O grãozinho no esfoliante tem que ser pequeno, suave. É pra você remover o excesso de pele morta com delicadeza, sem esfregar muito, ok?

boca vermelha

 

alguém já sou e sabe me falar se são bons?

batom vermelho

Agora que a pele está zerada e lisinha é hora de devolver a hidratação que o exfoliante tirou. Você pode usar uma das três coisas: uma fina camada de pomada Bepantol (se seus lábios estiverem MUITO ressecados), um chapstick incolor ou até um hidratante específico para os lábios. Mas cuidado pra não exegerar na dose, hein? Se não depois você vai ter dificuldade de aplicar o batom ;)

batom vermelho

cbatom vermelho

Depois de exfoliar e hidratar a boca você pode preparar a pele para receber a maquiagem do jeito que você está acostumada: base + pó, corretivo + pó ou até base + corretivo + pó, ehehe. É nessa fase que você vai, com a ajuda de um lápis de boca vermelho macio, redefinir o contorno dos seus lábios. Se pode aumenta-los ou diminui-los, it’s up to you! Você pode até mudar o formato da sua boca, deixá-la mais angulada, com o “biquinho de coração’ no lábio superior que todo mundo ama o/ O lápis é super importante, não pule essa etapa, pois cria uma “barreira” que impede o batom de borrar. Se você quiser aumentar ainda mais a durabilidade da cor do batom pode, depois de contornar, preencher toda a boca com o lápis. Ele vai funcionar como um primer ;)

batom vermelho

Você até pode aplicar o batom direto da bala na boca… Mas eu acho que se você já chegou até aqui nesse processo preparatório, ehehe, não custa nada pegar um bom pincel de lábios pra aplicar o batom, né? O motivo é porque quando você usa o pincel o batom “agarra” mais nos lábios, o que aumenta a durabilidade dele. Caso haja alguma diferença de tonalidade entre o contorno do lápis de boca e o batom você deve passar o batom por cima do lápis, ok? Assim você uniformiza a cor ;) Eu costumo passar duas camadas, uma pra preencher e outra pra finalizar.

batom vermelho

batom vermelho

batom vermelho

E, pra completar, pegue um papel absorvente e pressione os lábios suavemente contra ele. Isso vai fazer com que o excesso saia e evite borrões eventuais.

Não é ciência espacial, né, ehehe? Dá pra fazer tranquilamente essa boca vermelha. Principalmente num fim de semana que você está com mais tempo e com mais paciência pra se preparar praquela balada ou jantar especial. Quais outros truques você gostaria de ver desvendados aqui? Fala que eu te escuto ;)


Compartilhe boas ideias, coisas gostosas e amor nas redes sociais:
Manual do batom vermelho: 5 segredos pra você conseguir aquela boca perfeita! by
Bia Lombardi

Bia Lombardi é cantora da Bellatrix, globe trotter e diretora criativa da marcaVIVAdesign.Leonina com ascendente em câncer, bate a assopra com a mesma eficácia. Enjoa de tudo com uma rapidez assustadora, o que faz com que esteja sempre de olho no que tem depois da dobra da esquina. Vê o mundo através das lentes de um caleidoscópio e sabe que existem inúmeras possibilidades de interpretação para os mesmos assuntos, basta querer enxergar. Por isso, mantém ouvidos e mente sempre abertos e está em constante aprendizado sobre a vida, o universo e tudo mais.

8 Comentários post

  1. Ótimas dicas! Eu só tenho 2 batons vermelhos, mas morro de amores pelos dois! O Ruby Woo (MAC) e o 03 (Lube) ;)

  2. Bia Lombardi disse:

    Tô louca atrás de um Ruby Woo pra chamar de meu. Eu tenho o Russian Red que é um vermelho mais escuro, fechado. O Ruby é bem tomate, né? Coisa linda :)

  3. Batom vermelho é muito amor. Eu acho lindo, sexy, moderno… na boca alheia. Infelizmente meus lábios são finos e o formato é pequeno. Fora que fico com meus dentões borrados. Fico péssima. Sofro! hahaha

  4. Bia Lombardi disse:

    será que não rola aumentar um pouco os lábios com o lápis de boca?

  5. Gostei das dicas! Já esfoliava e usava hidratante, mas nunca dura naaaada! E o pior é que a cor vai sumindo mas fica nas rachadurazinhas, então se eu passo batom de qualquer cor mesmo, não precisa nem ser forte, tenho que ficar alerta a noite toda. Tenho até um produtinho da MAC que é um primer, mas também não faz muita diferença. Agora é comprar um lápis e um pincel pra ver se vai rs!
    Estou adorando o blog de vcs! Obrigada, bjs ;)

    • Bia Lombardi disse:

      O lápis ajuda bem, viu? Se você preferir pode preencher a boca toda com o lápis e depois aplicar o batom com pincel por cima! É tiro e queda, tenho certeza de que vai durar bem mais :)
      Beijos e obrigada por vir sempre aqui visitar a gente <3

  6. […] boca vermelha perfeita uma pele bem preparada e um bom contorno feito com lápis são fundamentais. Já postei aqui as 5 dicas para uma boca vermelha perfeita, vale […]

Comentários estão fechados.

Search stories by typing keyword and hit enter to begin searching.